segunda-feira, 31 de agosto de 2009

ATÉ QUANDO?

ATÉ QUANDO...
vamos ter que baixar a cabeça para as pessoas que nós mesmos designamos para exercer determinada função de poder (políticos). Até quando vamos ficar com essa ameaça constante pairando sobre nossa comunidade? Até quando vamos ficar indignados por atitudes de orgãos que tem objetivo de zelar e não o faz como deveria?

Assim que descobrimos o que estava por acontecer em Santo Amaro da Imperatriz e Águas Mornas, iniciamos uma busca incansável por informações e pessoas que já tinham vivenciado este tipo de situação, ou que tinham conhecimento técnico neste assunto. Não queríamos parecer um grupo de radicais e sim um grupo de pessoas com argumentos reais de que isso não poderia acontecer. Sempre deixamos bem claro que não somos contrários ao crescimento energético do país, apenas achamos que seria injusto comprometer uma biodiversidade única e uma natureza tão exuberante por TÃO POUCA GERAÇÃO DE ENERGIA.

Alcançamos um grau de conhecimento, e o movimento tomou uma proporção que nem nós mesmos imaginávamos, pois a insatisfação tomou conta de muita gente. Hoje temos apoiando este movimento pessoas da comunidade, estudiosos, ambientalistas, doutores e ongs de diversas partes, contribuindo cada um com seu conhecimento, e agregando forças.
Nossa batalha é diária. Não temos prazos e nada é determinado, SERÁ LICENCIADO OU NÃO? Motivos não faltam para que NÃO SEJA CONCEDIDA A LICENÇA, basta citar que elas seriam instaladas em torno de um parque estadual de preservação ambiental (PARQUE ESTADUAL DA SERRA DO TABULEIRO). Este seria sem dúvida o único motivo para o indeferimento do projeto. Porém mesmo assim este processo já se estende por anos e anos. Logo em seguida temos demais impactos como o social, e a quebra de uma rede sutentável que é o turismo local.

Nossa região é rica em atrações naturais, que ainda não são utilizados e aproveitados da melhor forma, porém mesmo assim já é reconhecida. Nossa privilegiada geografia proporciona um cenário perfeito para a prática do eco turismo e o turismo de aventura, sendo refêrencia para o Brasil e o mundo, já que temos registros de turistas vindos de 32 países para conhecer e desfrutar das belezas naturais de Santo Amaro da Imperatriz e região. Somos a capital catarinense das águas termais, considerada a segunda melhor água do planeta. Por exemplos práticos de outros lugares do Brasil não existe possibilidade de conciliar geração de energia com turismo, principalmente se tratando de Eco turismo.

É a junção de todos esses fatores que fazem com que a cidade de Santo Amaro da Imperatriz seja a mais bem classificada entre praticantes de eco turismo do Brasil, através de um enquete realizada no site do ministério do turismo (anexo 2). Florianópolis ocupa a terceira colocação.
Os olhos do mundo se voltam para nosso estado, devido essa natureza exuberante que fascina qualquer turista, você duvida? ASSISTA O VÍDEO ABAIXO, que foi divulgado no Fórum Mundial do Turismo que aconteceu pela primeira vez na América Latina na cidade de Florianópolis, em maio de 2009, e porque em Florianópolis? Será porque o respeitado jornal The New York Times destacou esta ilha como um dos melhores roteiros de turismo do mundo? Não, simplesmente porque aqui estão os melhores roteiros, as melhores opções, os grandes cenários naturais, e fomos eleitos pela segundo ano consecutivo o melhor estado para turismo do Brasil, prestes a conquistar o terceiro título

Nosso governo, através da Santur divulga nosso estado e nossas atrações para mais de 40 países de diversos continentes, em feiras, salões e estratégias de marketing diversas, a foto abaixo (anexo 1) é de um turista que fotografou uma propaganda de nosso estado no metro de Londres e a mesma campanha é realizada nos metros de Nova York.
Sendo o Rio Cubatão hoje um dos ultimos do estado livre de geração de energia, com prática do turismo de aventura, onde esse turista irá praticar a atividade? Afinal nossas atrações estão sendo divulgadas e ao mesmo tempo devastadas pelo progresso sem limites!

NÃO SE TORNA PROPAGANDA ENGANOSA DE NOSSO ESTADO?

Enfim, motivos não faltam para que possamos manter nossas belezas naturais intactas encantando pessoas, e não sendo trocadas por toneladas de concreto armado, alimentando interesses financeiros de poucos. Esperamos que os orgãos responsáveis pelas licenças deste projeto leve em consideração todos os fatores nocivos citados. Nossas cidades tem como vocação a geração de outra energia, a energia limpa, a energia da saúde, do bem estar e sustentabilidade em todos os sentidos.
Anexo1
Anexo 2

Agora assista aqui qual a verdadeira vocação de nosso estado
video


MOVIMENTO RIO CUBATÃO VIVO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário